Desidratação não é só doença de criança

Adultos e idosos também podem sofrer com a desidratação, doença causada pela perda excessiva de água e sais minerais. A prevenção é bastante simples e o tratamento rápido. Mas, se os cuidados adequados não forem tomados, pode levar à morte. Ocorre com maior freqüência nos meses mais quentes do ano devido ao aumento da incidência de doenças gastrointestinais, princialmente no verão, período em que os alimentos estão mais sujeitos à contaminação por bactérias.

Quando o organismo não consegue repor a quantidade de água e sais minerais eliminada pelo corpo através das fezes, urina e suor, a desidratação se instala. Por dia, nosso corpo elimina cerca de 2,5 litros de água. A melhor solução para tratar a desidratação é o soro caseiro , juntamente com uma alimentação adequada. Para preparar o soro, dilua uma pitada de sal e três de açúcar em um copo de água filtrada ou fervida. Misture bem e dê à vontade para o paciente, a cada 15 ou 20 minutos. Em postos de saúde, você pode encontrar a colher-medida padrão para preparar o soro caseiro. Se os sintomas não desapareceram, a conduta correta é procurar ajuda médica. Os sintomas mais comum são sede, irritabilidade e sono, pele ressecada, olhos fundos e boca seca. Os bebês podem apresentar um afundamento na moleira.

Dr. Jamil Nahass
Médico pediatra e vice-presidente da Área de Saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *