Infecção Urinária

Mais frequentes em mulheres, as infecções urinárias podem ocorrer desde a infância até a velhice. Tendem a ter maior incidência na fase de maior atividade sexual da mulher, mais, muitas vezes, podem surgir, também, após o climatério. Acredita-se que as mulheres, por terem a uretra (canal urinário) mais curta que os homens são mais propensas a elas. Durante a relação sexual, o atrito provocado pela penetração facilita a entrada das bactérias na bexiga (cistite) ou atingir o trato urinário superior, ocasionando quadros mais graves (piolonefrites).

Fatores que favorecem a ocorrência de infecções urinárias:

1. Constipação intestinal;

2. Infecções vaginais não controladas;

3. Prender a urina demasiadamente, passando longos períodos sem urinar;

4. Atividade sexual frequente e/ou muito prolongada;

5. Diabetes;

6. Alterações anatômicas (queda da bexiga, estreitamento do canal urinário, cálculos urinários,etc).

Como evitar ou reduzir as infecções:

1. Urinar sempre após terminar a atividade sexual;

2. Não segurar a urina por períodos longos – urinar de 3/3h

3. Esvaziar completamente a bexiga quando for urinar;

4. Tomar muito liquido diariamente;

5. Procurar um urologista – ele é profissional apto para avaliar as causas de infecções frequentes, tratá-las e fornecer orientações com a finalidade de preveni-las ou evitá-las.

Paulo Eduardo de Oliveira Albarez – urologista e sócio do PIC

Dr. Jamil Nahass
Médico pediatra e vice-presidente da Área de Saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *